Intervenção de enfermagem aos familiares dos usuários do serviço atendidos no CAPS: relato de experiência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55892/jrg.v7i14.1001

Palavras-chave:

Centros de atenção psicossocial, Cuidador familiar, Enfermeiros, Reuniões de grupos

Resumo

Os Centros de Atenção Psicossocial são espaços para o acolhimento de usuários do serviço com transtornos mentais, em tratamento não hospitalar. Sua função é prestar assistência psicológica e médica, visando a reintegração dos doentes à sociedade. Contam com uma equipe multidisciplinar, que devem prestar cuidados aos usuários através de atendimento individual ou em grupos, oficinas terapêuticas, visitas domiciliares, atendimento da família e atividades comunitárias, entre outros serviços. Considerando esse introito, a pesquisa tem como objetivo geral relatar experiência acerca da atuação do enfermeiro na intervenção de enfermagem aos familiares dos usuários do serviço do Centro de Atenção psicossocial no município de Pão de Açúcar-AL, Brasil. A questão norteadora é: qual a percepção acerca da atuação da acadêmica na intervenção de enfermagem aos familiares dos usuários do serviço do CAPS do município de Pão de Açúcar-AL, Brasil? Do ponto de vista metodológico, trata-se de um relato de experiência acadêmica com características qualitativas, de natureza descritiva, com recorte temporal, realizado no CAPS de Pão de Açúcar-AL. Por fim, através do estágio, foi possível perceber que o cuidado aos familiares dos usuários do serviço do CAPS deverá ser feito a partir de uma perspectiva individualizada e humanizada, incentivando o cuidado, informação e participação dos familiares nas reuniões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Lima Rodrigues, Faculdade São Vicente, FASVIPA, Brasil

[Lattes]
Graduanda em Enfermagem pela Faculdade São Vicente de Pão de Açúcar, FASVIPA, Brasil.

Luís Filipe Dias Bezerra, Universidade Federal de Alagoas

[Lattes]
Enfermeiro. Mestre em enfermagem pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem (PPGENF) da Escola de Enfermagem e Farmácia (ESENFAR) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Especialista em Saúde Mental pelo Programa de Residência da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL). Pós-graduado em Práticas Integrativas e Complementares à Saúde (Unyleya), Pós-graduando em Constelação Sistêmica com Suporte das Terapias Integrativas do Método TACAI (UNATE). Membro do Grupo de Pesquisa em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas Austregésilo Carrano Bueno (GPESAM) pela Ufal e Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Saúde (GPIS) pelo UniRios.

Referências

AMARANTE, P. Saúde Mental e Atenção Psicossocial. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2008. 120p.

BONGIOVANNI, J.; SILVA, R. A. N. DA. Desafios da desinstitucionalização no contexto dos serviços substitutivos de saúde mental. Psicologia & Sociedade, v. 31, p. e190259, 2019.

BRASIL. Secretaria de Atenção Especializada à Saúde. Rede de Atenção Psicossocial. Brasília, DF: Secretaria de Saúde do Distrito Federal, 2023. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/composicao/saes/desme/raps#:~:text=A%20Rede%20de,demandas%20de%20cuidados. Acesso em: 02 dez. 2023.

BRASIL. Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Atendimento psicossocial e multiprofissional a pessoas com sofrimento mental grave, incluindo os decorrentes do uso de álcool e outras drogas – Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Brasília, DF: Secretaria de Saúde do Distrito Federal, 2021. Disponível em: https://www.saude.df.gov.br/carta-caps. Acesso em: 02 dez. 2023.

BRASIL. Senado Federal. Após 20 anos, reforma psiquiátrica ainda divide opiniões. Brasília, DF: Agência Senado. 2021. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/04/06/apos-20-anos-reforma-psiquiatrica-ainda-divide-opinioes . Acesso em: 02 dez. 2023.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. Resolução Cofen Nº 0678/2021. Aprova a atuação da Equipe de Enfermagem em Saúde Mental e em Enfermagem Psiquiátrica. Brasília: COFEN, 2021.

FEITOSA, Carla Carina de Oliveira; BEZERRA, Luís Filipe Dias. Intervenção de enfermagem à usuário do serviço com feridas por acidente de motocicleta: relato de experiência. Revista Ft, [S.L.], v. 27, n. 123, p. 1-18, 14 jun. 2023. Mensal. DOI: http://dx.doi.org/10.5281/ZENODO.8040751. Disponível em: https://revistaft.com.br/intervencao-de-enfermagem-a-usuário do serviço-com-feridas-por-acidente-de-motocicleta-relato-de-experiencia/. Acesso em: 02 dez. 2023.

GELINSK, Carmen Rosario Ortiz Gutierrez; MOSER, Liliane. Mudanças nas famílias brasileiras e a proteção desenhada nas Políticas Sociais. In: MIOTO, Regina Celia Tamaso; CAMPOS, Marta Silva; CARLOTO, Cássia Maria (Org). Familismo, direitos e cidadania: contradições da política social. São Paulo: Cortez, 2015.

MOREIRA, D. D. J.; BOSI, M. L. M.. Qualidade do cuidado na Rede de Atenção Psicossocial: experiências de usuários no Nordeste do Brasil. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 29, n. 2, p. e290205, 2019.

NANDA. Diagnósticos de enfermagem da NANDA-I: definições e classificação 2021-2023. Porto Alegre: Artmed, 2021.

PORTAL, P. S. C.; et al. As equipes multidisciplinares como dispositivos “técnicos de referência” em saúde mental nos caps e a gestão do cuidado: uma revisão integrativa de literatura. Research, Society and Development, v. 10, n. 6, e21010615747, 2021.

ROSA, L. C. dos S.; VILARINHO, L. da S. Família na desinstitucionalização em Saúde Mental. Terezinha: EDUFPI, 2020.

Downloads

Publicado

2024-04-08

Como Citar

RODRIGUES, T. L.; BEZERRA, L. F. D. Intervenção de enfermagem aos familiares dos usuários do serviço atendidos no CAPS: relato de experiência. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 7, n. 14, p. e141001, 2024. DOI: 10.55892/jrg.v7i14.1001. Disponível em: http://www.revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/1001. Acesso em: 22 jun. 2024.

ARK