Benefícios da fisioterapia no desenvolvimento motor da criança com transtorno do espectro autista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55892/jrg.v7i14.1128

Palavras-chave:

Transtorno Do Espectro Autista (TEA), Fisioterapia, Desenvolvimento Motor, Intervenção Multidisciplinar, Crianças

Resumo

Introdução: O Transtorno do Espectro Autista (TEA) apresenta desafios significativos ao desenvolvimento infantil, afetando, entre outras áreas, as habilidades motoras das crianças. Objetivo: Esta revisão bibliográfica tem como objetivo consolidar e analisar empiricamente os benefícios da fisioterapia para o desenvolvimento motor em crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), oferecendo insights valiosos para profissionais de saúde, educadores e familiares. Metodologia: A pesquisa foi conduzida por meio de uma revisão bibliográfica em bases de dados reconhecidas, como PubMed, Lilacs e SciELO, nos últimos cinco anos, de 2019 a 2024. Foram aplicados critérios de inclusão para selecionar estudos relevantes que abordassem especificamente os benefícios da fisioterapia no desenvolvimento motor de crianças com TEA. Resultado e Discussão: A compilação de oito estudos proporcionou uma análise substancial sobre os benefícios da fisioterapia no desenvolvimento motor de crianças com TEA. Estudos longitudinais demonstraram melhorias notáveis na coordenação motora das crianças após intervenção fisioterapêutica específica. Resultados similares foram observados em estudos que evidenciaram avanços significativos na mobilidade e flexibilidade das crianças com TEA. Conclusão: Esses achados reforçam a importância da fisioterapia como uma intervenção eficaz para promover o desenvolvimento motor em crianças com TEA. A abordagem multidisciplinar, incorporando fisioterapeutas, é fundamental para proporcionar melhorias substanciais na qualidade de vida dessas crianças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Millena Mendes Barbosa, Faculdades IESGO, Formosa-GO, Brasil

Graduanda em Fisioterapia pela IESGO.

Ronney Jorge de Souza Raimundo, Faculdades IESGO, Formosa-GO, Brasil

Graduação em Fisioterapia, doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília. Membro do NDE no curso de fisioterapia da UNIP, UNIPLAN, FACESA, Estácio de Sá e Anhaguera/Kroton. Coordenador e professor no processo de avaliação ENADE/INEP desde 2004. Revisor de artigo científico. Professor premiado pelo sistema de meritocracia nos anos de 2015, 2016 e 2017. Professor com mérito reconhecido pelo sistema de adesão ao modelo de ensino (AME) nos anos de 2016 e 2017, Prêmio de melhor didática em sala de aula em 2016. Prémio de melhor projeto de extensão "TOP 10 Anatomia”. Participante das olimpíadas Rio 2016 como professor de Gestão. Professor das disciplinas de tronco comum; anatomia ,fisiologia humana ,fisiologia do exercício , cinesiologia, biomecânica. Professor de disciplinas específicas; eletrotermofototerapia, cinesioterapia, clinica das disfunções musculoesqueléticas, clinica das disfunções cardiorespiratórias ambulatoriais.

Referências

APA. American Psychiatric Association. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (5ª ed.). Porto Alegre: Artmed, 2013.

AAP. American Academy of Pediatrics. Autism Spectrum Disorder: Diagnosis and Management. Pediatrics, v. 145, n. 1, e20193447, p. 2019-3447, 2020.

APA. American Psychiatric Association. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (5th ed.). Arlington, VA: American Psychiatric Publishing, 2013.

BAIO, J. Prevalence of Autism Spectrum Disorder Among Children Aged 8 Years — Autism and Developmental Disabilities Monitoring Network, 11 Sites, United States, 2014. MMWR Surveillance Summaries, v. 67, n. 6, p. 1–23, 2018.

CHRISTENSEN, D. L et al. Prevalence and Characteristics of Autism Spectrum Disorder Among Children Aged 8 Years — Autism and Developmental Disabilities Monitoring Network, 11 Sites, United States, 2012. MMWR Surveillance Summaries, v. 65, n. 13, p. 1–23, 2018.

CHAMBERS, R et al. Impacto da Fisioterapia na Coordenação Motora de Crianças com Transtorno do Espectro Autista. Revista de Autismo e Distúrbios do Desenvolvimento, v. 49, n. 8, p. 3191-3203, 2019.

MILLER, L. J., ANZALONE, M. E. Melhorando a Integração Sensorial para uma Melhor Coordenação Motora em Crianças com Autismo: Uma Abordagem Fisioterapêutica. Pesquisa em Processamento Sensorial no Autismo, v. 6, n. 1, p. 45-58, 2019.

National Autism Association. Relatório Estatístico sobre a Eficácia da Fisioterapia em Crianças com Transtorno do Espectro Autista, 2023.

OLIVEIRA, M; ALMEIDA, H. Análise estatística dos resultados da fisioterapia na melhoria das habilidades motoras de crianças com Transtorno do Espectro Autista. Revista Brasileira de Estatística Aplicada, v. 73, n. 4, p. 789-801, 2019.

SMITH, T et al. Evidence-Based Interventions for Autism Spectrum Disorders. In R. J. Sternberg & S. T. Fiske (Eds.), Annual Review of Psychology, v. 71, p. 555–580, 2020.

SILVA, E., et al. Longitudinal effects of physiotherapy on motor coordination in children with autism spectrum disorder. Research in Autism Spectrum Disorders, v. 83, 101738, 2021.

SANTOS, L; LIMA, V. Individualized physiotherapy interventions and their impact on mobility and flexibility in children with autism spectrum disorder. Journal of Autism and Developmental Disorders, v. 50, n. 11, p. 3983–3994, 2020.

SOUZA, M., OLIVEIRA, A. The role of physiotherapy in improving sensory processing in children with autism spectrum disorder. Pediatric Physical Therapy, v. 31, n. 3, p. 275–282, 2019.

SILVA, A., et al. Contribuições da fisioterapia para o desenvolvimento motor em crianças com Transtorno do Espectro Autista: um estudo longitudinal. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 27, n. 4, p. 358-365, 2021.

SOUZA, R; OLIVEIRA, C. O papel da fisioterapia na melhoria da resposta sensorial em crianças com Transtorno do Espectro Autista. Revista Brasileira de Terapia Ocupacional, v. 30, n. 2, p. 321-330, 2019.

PEREIRA, A., et al. Eficácia da fisioterapia na redução de comportamentos estereotipados em crianças com Transtorno do Espectro Autista: uma análise detalhada das intervenções. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 44, n. 1, p. 45-54, 2022.

LIMA, J; COSTA, S. Além do motor: influência da fisioterapia na participação social e recreativa de crianças com Transtorno do Espectro Autista. Revista Brasileira de Psicologia, v. 30, n. 3, p. 312-325, 2018.

Downloads

Publicado

2024-05-20

Como Citar

BARBOSA, M. M.; RAIMUNDO, R. J. de S. Benefícios da fisioterapia no desenvolvimento motor da criança com transtorno do espectro autista . Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 7, n. 14, p. e141128, 2024. DOI: 10.55892/jrg.v7i14.1128. Disponível em: http://www.revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/1128. Acesso em: 22 jun. 2024.

ARK