Imaginário social de mães de crianças expostas ao HIV

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55892/jrg.v7i14.1154

Palavras-chave:

HIV, Filho, AIDS

Resumo

Introdução: O Brasil possui um dos melhores programas de combate ao Vírus da Imunodeficiência Humana, entretanto, o país enfrenta grandes desafios, principalmente a feminização e a consequente transmissão vertical, aspecto observado em todos os países e notifica as crianças que nascem em risco de infecção pelo VIH de mãe para filho. Objetivo geral: Analisar o papel da enfermagem na relação mãe-bebê no contexto de infecção materna pelo HIV/Aids, desde a gestação até o parto. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Foi utilizado como bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Bases de Dados de Enfermagem (BDENF), Bases de Dados da Literatura Internacional da Área Médica e Biomédica (MEDLINE), além das plataformas SciELO, com no máximo 5 anos de publicado. Resultados: A busca na base de dados encontrou 354 artigos. Foram excluís após análise do resumo 17 artigos por não obedecer aos critérios de inclusão. Após leitura dos artigos restantes, foram excluídos 34, pois não atendiam à questão norteadora do trabalho, e por isso, restaram 7 artigos para o desenvolvimento da discussão. Discussão: Pode-se verificar que as mulheres podem vivenciar sentimentos negativos, como tristeza, depressão, ansiedade entre outros. Tais sentimento, como foi observado, está associado ao imaginário social de mães de crianças expostas ao HIV. Conclusão: A relevância de uma equipe profissional do serviço de enfermagem na perspectiva do cuidado e orientação às gestantes soropositivas, possibilitando atitudes básicas de cuidado integral que repercutem na construção do vínculo entre mãe e bebê.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joanny Késsya da Silva Oliveira Possidônio, Centro Universitário Cesmac

Graduanda em enfermagem pelo Centro Universitário CESMAC.

Jandson de Oliveira Soares, Centro Universitário Cesmac

Mestre de Enfermagem – UFAL e Docente do Centro Universitário- CESMAC.

Alessandra Nascimento Pontes, Centro Universitário Cesmac

Enfermeira Obstétrica e Dr. distúrbio do neurodesenvolvimento- Mackenzie 

Referências

ANDRADE, Carla Gardênia dos Santos. Os impactos do diagnóstico de hiv à saúde materno-infantil: da descoberta da gravidez ao pós-parto, 2022, Monografia apresentada no curso de graduação do Centro Universitário AGES, Paripiranga- BA, 2022.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico – HIV/Aids 2022, Brasília: Ministério da Saúde, número especial, dez. 2022. Internet. Disponível em https://www.gov.br/aids/pt- br/central-de-conteudo/boletins-epidemiologicos/2022/hiv- aids/boletim_hiv_aids_- 2022_internet_31 0123.pdf/view. Acesso 01 out. 2023.

PAULA, Vieira Arlete Rodrigues; MOTA, Daniela Cristina Belchior. Meu Prazer Agora é Risco de Vida”: Desejo de Existir e Outras Subjetividades dos que Vivem com Hiv/Aids no Brasil. Cadernos de Psicologia, Juiz de Fora, v. 3,n. 5, p. 256-275, jan./jun. 2021 – ISSN 2674-9483.

HIGGINS, J.P.T; GREEN, S. Cochrane Handbook for Systematic Reviews of Interventions: Cochrane Book Series, 2008. DOI:10.1002/9780470712184. Acesso em: 23 fev. 2024.

JARDIM, Eduardo. A doença e o tempo: uma história de todos nós. Rio de Janeiro: Bazar do Tempo, 2019.

MEDEIROS D. S; JORGE M. S. B. A invenção da vida na gestação: viver com HIV/aids e a produção do cuidado; Sex., Salud Soc. (Rio J.) no.30 Rio de Janeiro Sept./Dec. 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984- 64872018000300242&tlng=pt. Acesso: 26 mar. de 2024.

MELO, Jaberson Souza de; FEZA, Leidinalva Pedro; VETORAZO, Jabneela Vieira Pereira. Fatores atribuídos a assistência de enfermagem aos portadores da infecção pelo vírus do HIV/AIDS. Revista Eletrônica Acervo Enfermagem, v. 10, p. e6832- e6832, 2021.

MENDES, K.D.S.; SILVEIRA, R.C.C.P.; GALVÃO, C.M. Uso de gerenciamento de referências bibliográficas na seleção dos estudos primários em revisão integrativa. Texto Contexto Enferm, v.28, p.758-764, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1980-265xtce-2017-0204. Acesso em: 23 fev. 2024.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE-OMS. Atualização global sobre a resposta do setor saúde ao HIV. Genebra: OMS; 2019. http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/128494/1/9789241507585_eng.pdf?ua=1. Acesso em: 15 de mai. de 2024.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE-OPAS. Eliminação da transmissão vertical do HIV e da sífilis nas Américas. Atualização 2019. Washington, D.C.: OPAS; 2019. http://iris.paho.org/xmlui/handle/123456789/34072. Acesso em: 14 de mai. de 2024.

PEREIRA, G. F; SABIDÓ, M; CARUSO, A; OLIVEIRA, S. B; MESQUITA, F; BENZAKEN, A. S. Prevalência de HIV em gestantes no Brasil: um inquérito nacional. Rev Bras Ginecol Obstet. 2020; 38 (8):391–8.

PESTANA, H. C. F. C. Revisões da literatura científica: tipos, métodos e aplicações em enfermagem. Revista Portuguesa de Enfermagem de Reabilitação, Porto, Portugal, v.1, n.1, p.45–54, 2018. DOI: 10.33194/rper.2018.v1.n1.07.4391. Acesso em: 23 fev. 2024.

PORTELA, Luciana Macêdo dos Santos Rodrigues et al. Assistência de enfermagem no pré-natal de soropositivas: uma revisão integrativa. Research, Society and Development, v. 10, n. 2, p. 45-57, 2021.

PREVIATI, Sabrina Monique; VIEIRA, Daniel Malingre; BARBIERI, Marcia. A importância do aconselhamento no exame rápido de HIV em gestantes durante o pré-natal. Journal of Health & Biological Sciences, v. 7, n. 1 (Jan-Mar), p. 75-81, 2018.

RIQUE, Luisa Lacerda et al. O Impacto da Soropositividade no Vínculo mãe-bebê em Gestantes Diagnosticada com HIV. Interação em Psicologia, v. 26, n. 3, 2022. Disponível em: https://ojs.homologa.ufpr.br/psicologia/article/view/78781. Acesso em: 13 de abr. de 2024.

SALES, Thalita Custódio; SCHONHOLZER, Tatiele Estêfani. ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PRESTADA A GESTANTE COM HIV DURANTE O PRÉ-NATAL.

Revista da Saúde da AJES, v. 6, n. 12, 2020.

SILVA, Heuder Henrique Frederico da et al. Assistência de enfermagem à gestante HIV positivo durante o pré-natal: uma revisão integrativa. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 5, p. e7190-e7190, 2021.

SOUSA, L. M.M.; FIRMINO, C. F; VIEIRA, C. M A. M.; SEVERINO, S. S. P;

SOUZA, F.L.P. et al. Sentimentos e significados: hiv na impossibilidade de amamentar. Rev enferm UFPE online. 13:e241854. p. 1-7, 2019

Downloads

Publicado

2024-05-29

Como Citar

POSSIDÔNIO, J. K. da S. O.; SOARES, J. de O.; PONTES, A. N. Imaginário social de mães de crianças expostas ao HIV. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 7, n. 14, p. e141154, 2024. DOI: 10.55892/jrg.v7i14.1154. Disponível em: http://www.revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/1154. Acesso em: 22 jun. 2024.

ARK