Vitamina C para aumento da imunidade: efeitos benéficos e efeitos adversos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.7415317

Palavras-chave:

Atenção Farmacêutica. Vitamina C. Sistema Imunológico.

Resumo

Tema: Vitamina C para aumento da imunidade: efeitos benéficos e efeitos adversos. Problema: quais os benefícios e os efeitos adversos que o consumo da vitamina C em excesso ou sem orientação médica, pode proporcionar para a saúde da população? Hipótese: o uso da vitamina C tem sido usado para aumento da imunidade, todavia é notórios os efeitos benéficos e adversos. Assim a atuação farmacêutica é imprescindível para o uso desse produto. Objetivos: Descrever os benefícios do consumo da vitamina C e seus efeitos adversos, quando ingeridos em doses excessivas e sem orientação farmacêutica adequada. Justificativa: uma vez que conhecer todos os benefícios da vitamina C poderá auxiliar no seu uso correto para prevenção ou tratamento de doenças. Além disso, contribuirá evitando seu consumo sem necessidade, o que muitas vezes é frequente.  Metodologia: trata-se de uma Revisão de Literatura com uma abordagem qualitativa e descritiva. Será feito buscas de bibliografias em sites acadêmicos, Pubmed, Scielo e revistas internacionais. Todos os artigos usados na construção deste trabalho, terá no máximo 05 anos de publicação, trabalhos publicados durante os anos de 2018 a 2022.  Resultados. A busca pela vitamina C visa prevenir doenças e combater vários tipos de infecções, além de atuar na absorção do ferro, reduzir o nível de triglicerídeos e de colesterol, além de fortalecer o sistema imunológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Moreira Silva, Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste, UNIDESC, Brasil

[1] Graduação em andamento em Farmácia pelo Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste, UNIDESC, Brasil.

Jaime Bueno da Costa Martins, Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste, UNIDESC, Brasil

[2] Graduação em andamento em Farmácia pelo Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste, UNIDESC, Brasil.

Clezio Rodrigues de Carvalho Abreu, Centro de Ensino Superior e Pesquisa Logos- CESPEL, FALOG, Brasil

[3] Mestre em Farmacologia Toxicologia e Produtos Naturais no curso de Ciências da Saúde - UNB; Especialista em Farmacologia Clínica - UNB; Especialista em Gestão da Assistência Farmacêutica - UFSC; Especialista em Didática do Ensino Superior - FACESA; possui graduação em Farmácia - FACESA (2009). Professor de Pós Graduação em Farmacologia Clínica; tem experiência na área de Farmacologia Clínica, Gestão da Assistência Farmacêutica e Acompanhamento Farmacoterapêutico.

Danila Moreira Silva, Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil

[4] Possui graduação em Ciências Biológicas pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (2017). Mestre em Botânica Aplicada pela Universidade Estadual de Montes Claros (2021). Experiencia na área da biologia reprodutiva com ênfase em sistemas sexuais e reprodutivos

Referências

ANSELMO, Marcos Vinicius de Oliveira et al. Suplementação nutricional sob orientação farmacêutica: uma revisão. Dspace – UFCG, 2020.

BALESTRIN, Thaize. Antinflamatórios não esteroides (AINES): a orientação do profissional farmacêutico no uso desses medicamentos. Facider-Revista Científica, v. 13, n. 13, 2019.

BERGMANN, Amanda Radmann. Benefícios do consumo de frutas fontes de vitamina C para o fortalecimento do sistema imunológico, associado ao COVID-19: uma revisão de literatura. Revista Thema, v. 20, p. 102-111, 2021.

BRASIL 2018. Ministério da Saúde. Conselho Federal de Farmácia. Resolução n° 661, de 25 de outubro de 2018. Dispõe sobre cuidados farmacêuticos relacionados a suplementação alimentar e demais categorias de alimentos. Diário Oficial da União, Brasília, n. 210, Seção 1. p. 122, 31 out. 2018.

BRASIL. Brasil. Ministério da Saúde. Coronavírus: Sintomas. 2022. Disponível em: https:https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/sintomas. Acesso em: 20 de maio 2022.

CAVALARI, T. G. F.; SANCHES, R. A. Os efeitos da Vitamina C. Revista saúde em foco, p. 749-765, 2018.

CHAMBIAL, S.; DWIVEDI, S.; SHUKLA, K.K.; JOHN, P. J.; SHARMA, P. “Vitamin C in disease prevention and cure: an overview.” Indian Journal of Clinical Biochemistry, v. 28,n.4, p. 314-28, 2013.

DEMOLINER, F.; DALTOE, L. M. COVID-19: nutrição e comportamento alimentar no contexto da pandemia. Revista Perspectiva: Ciência e Saúde, v. 5, n. 2, 2020.

DUTRA, Annieli de Fatima de Fatima de Oliveira. et al. A importância da alimentação saudável e estado nutricional adequado frente a pandemia de COVID-19. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 9, p. 66464-66473, 2020.

GOIS, Bárbara Paixão et al. Suplementação e alimentação adequada no contexto atual da pandemia causada pela Covid-19. DESAFIOS-Revista Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins, v. 7, n. Especial-3, p. 89-96, 2020.

GEWEHR, D. G.; BANDEIRA, V. A. C.; OLIVEIRA, K. R.; CPLET, C. R. Possíveis iscos relacionados a vitaminas e polivitamínicos comercializados em uma drogaria do município de Ijuí/RS. Salão do Conhecimento – UniJuí, 2019.

JESUS, Bruna Cardoso de. Avaliação do consumo de produtos naturais e suplementos vitamínicos por moradores do recôncavo da Bahia durante a pandemia da covid-19. 2021.

JOHNSON, L. E. Excesso de vitamina C (Intoxicação por vitamina C). Rev. manual versão saúde para a família, 2020.

LAURINDO, A. A.; REIS, J. S.; GIORGETTI, L. Hábitos de consumo de suplemento de vitamina C durante a pandemia do COVID-19: benefícios, riscos e o papel da assistência farmacêutica no uso racional. Revista Brasileira De Ciências Biomédicas, v. 2, n. 1, p. e0422021-7, 2021.

ŁUKAWSKI, Maciej; DAŁEK, Paulina; BOROWIK, Tomasz; FORYŚ, Aleksander; LANGNER, Marek; WITKIEWICZ, Wojciech; PRZYBYŁO, Magdalena. New oral liposomal vitamin C formulation: properties and bioavailability. Journal of Liposome Research, v. 30, n. 3, p. 227–234, 2 jul. 2020. DOI 10.1080/08982104.2019.1630642.

MELO, José Romério Rabelo; DUARTE, Elisabeth Carmen; MORAES, Marcelo Vogler de; FLECK, Karen; ARRAIS, Paulo Sérgio Dourado. Automedicação e uso indiscriminado de medicamentos durante a pandemia da COVID-19. Cadernos de Saúde Pública, v. 37, n. 4, p. e00053221, 2021. DOI 10.1590/0102-311x00053221.

PEREIRA, Samara Joana Carneiro; CARVALHO, Adriele Ribeiro; ARAÚJO NETO, José Fernando. O uso irracional de medicamentos na pandemia da COVID-19 e o papel do farmacêutico na sua prevenção. Revista Artigos.Com, v. 31, p. e9118-e9118, 2021.

PROVIDELLO, Maiara Voltarelli. Estudo sobre o efeito tripanocida e antioxidante do ácido ascórbico no tratamento da doença de Chagas experimental. 2022. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

RUIZ, Ana Carolina. A automedicação no Brasil e a atenção farmacêutica no uso racional de medicamentos. Revista saúde multidisciplinar, v. 11, n. 1, 2022.

SANTOS, Jordana Tres; KRUTZMANN, Marise Wilsmann; BIERHALS, Camila Correa; FEKSA, Luciane Rosa. OS EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO COM VITAMINA C. Revista Conhecimento Online, v. 1, p. 139, 11 jan. 2019. DOI 10.25112/rco.v1i0.1187

SILVA, Alícia de Freitas; JESUS, Jefferson Silva Pinho de; RODRIGUES, Juliana Lima Gomes. AUTOMEDICAÇÃO NA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, v. 7, n. 4, p. 938–943, 7 maio 2021. DOI 10.51891/rease.v7i4.1038.

TADA, Akio; MIURA, Hiroko. The Relationship between Vitamin C and Periodontal Diseases: A Systematic Review. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 16, n. 14, p. 2472, 11 jul. 2019. DOI 10.3390/ijerph16142472.

TAY, Matthew Zirui; POH, Chek Meng; RÉNIA, Laurent; MACARY, Paul A.; NG, Lisa F. P. The trinity of COVID-19: immunity, inflammation and intervention. Nature Reviews Immunology, v. 20, n. 6, p. 363–374, jun. 2020. DOI 10.1038/s41577-020-0311-8.

WEBBER, Felipe José; MASSAROLLO, Ana Clara Daros; ARRUDA, Gisele; PRIETO, Lígia Machado; VIEIRA, Ana Paula; FOLLADOR, Franciele Aní Caovilla. COVID-19 E MEDIDAS PREVENTIVAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA. Acta Elit Salutis, v. 3, n. 1, p. 15, 16 dez. 2020. DOI 10.48075/aes.v3i1.25825.

Downloads

Publicado

2022-12-08

Como Citar

SILVA, C. M.; MARTINS, J. B. da C.; ABREU, C. R. de C.; SILVA, D. M. Vitamina C para aumento da imunidade: efeitos benéficos e efeitos adversos . Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 5, n. 11, p. 561–571, 2022. DOI: 10.5281/zenodo.7415317. Disponível em: http://www.revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/463. Acesso em: 29 maio. 2024.

ARK