Hedera helix L.: uma revisão dos recentes estudos de suas propriedades farmacológicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55892/jrg.v6i13.849

Palavras-chave:

Hedera helix, Hedera, Fitoterapia

Resumo

Objetivo: Buscar na literatura quais evidências científicas recentes corroboram para as propriedades farmacológicas da H. helix L. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Foram realizadas buscas nas bases de dados eletrônicas: Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), EMBASE e SciVerse Scopus. O intervalo temporal escolhido abrangeu de 2013 a 2023. Resultados: Um total de 40 artigos foram encontrados na base de dados BVS, 27 na Scopus e 8 na Embase. Diante dos critérios de inclusão e exclusão, que responderam à questão norteadora, foram selecionados 13 artigos para análise integral. O uso do extrato da H. helix, como medicamento fitoterápico, é reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) pela RE Nº 4.287, de 23 de setembro de 2011, e este uso terapêutico como agente expectorante e antitussígeno é validado cientificamente por publicações científicas. Dentre as atividades farmacológicas comprovadas, destacam-se: expectorante, antitussígena, anticancerígena, anti-inflamatória, antioxidante, antiangiogênicas, neuroprotetora e antiúlcera preventivo. Considerações finais: Diante da importância terapêutica da H. helix como uma planta medicinal promissora com ampla gama de atividades farmacológicas, podendo ser utilizada em diversas aplicações médicas devido à sua eficácia e segurança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Maia Menezes, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Graduação em andamento em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

Laisa Graziely Araújo Magalhães, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Graduanda em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro extensionista da Liga Acadêmica de Fitoterapia (LAFITO), vinculada à UFC. Foi bolsista por um ano pelo CNPq através do Programa de Iniciação Científica com ênfase em câncer pancreático sob orientação do Professor Pedro Marcos Gomes Soares. Foi monitora bolsista da disciplina de Introdução à Bioquímica durante dois semestres consecutivos e membro por um ano do Projeto de Drogas de Abuso, projeto de extensão vinculado à UFC. Realizou estágio extracurricular em manipulação na farmácia Roval, no ano de 2021.

Gisele Sousa Sales Andrade, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Graduação em andamento em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

 

Ingrid Silva Julião, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Graduação em andamento em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

Ana Júlia Lopes de Brito, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Graduação em andamento em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

Mary Anne Medeiros Bandeira, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará - UFC (1981), Especialização em Farmacoquímica (1985), pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Mestrado (1993) e Doutorado (2002) em Química pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é Professora das Disciplinas de Farmacognosia e de Fitoterapia da Universidade Federal do Ceará. 

Raquel Bastos Vasconcelos, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Formada em Odontologia pela UNIFOR (2010.1).Com Residencia/ especialidade em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, pelo Hospital Batista Memorial de Fortaleza, Ceará(2013-2016). Além de outras pós-graduação, em Implantodontia (2012-2014) e em Saúde da Família(2012-2013), ambas pela UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ. Mestrado em ciências odontológicas pela UNICHRISTUS, linha de pesquisa em clínica odontológica e foco em cirurgia e implantodontia. Doutoranda pela UFC, no PPGDITM. Com experiência profissional em serviço público em PSF(Maracanaú e Cascavel) e em CEO-Regional(Acaraú), na área de cirurgia oral menor. Com experiência em docência em cursos técnicos, graduação em odontologia e pós-graduação em cirurgia e habilitação em laserterapia. Atualmente atuando nas forças armada, na área de cirurgia e implantodontia. Experiencia clínica, em clínica particular e em serviço público.Plantonista pela cooperativa UNIODONTO. Staff no Hospital Batista Memorial e parte do corpo docênte no aperfeiçoamento em cirurgia buco-maxilo-facial da ABO. 

Igor Lima Soares, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Doutorando em Desenvolvimento e Inovação Tecnólogica em Medicamentos em associação pela Universidade Federal do Ceará UFC, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal da Paraíba UFPB e Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE. Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Graduado em Farmácia (2021) pela UFC. Especialista em Fitoterapia pela Faculdade Faveni (2022). Possui Aperfeiçoamento em Saúde Pública (2021) pela Faculdade Metropolitana do Estado de São Paulo (FAMEESP).

Maria Erivanda Castelo Meireles, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Graduada em Farmácia com habilitação em Análises Clínicas pela Universidade Federal do Ceará, especialista nas áreas de Gestão Pública, Assistência Farmacêutica e Apoio Institucional em Saúde, Mestra em Ciências Farmacêuticas (PPGCF/UFAL) e Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos (UFRN/UFPB/UFRPE/UFC). Formação complementar em educação e qualificação profissional (presencial e EAD). Experiência nas áreas de gestão pública, vigilância sanitária, assistência farmacêutica, suprimento e farmácia hospitalar, plantas medicinais, fitoterapia, licitação e perícia judicial. Atualmente técnica da Supervisão de Ciência, Tecnologia e Telessaúde (SUCTT/GAP/SESAU/AL) e Farmacêutica do Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira (SESAU/AL). Membro efetivo do Comitê Gestor do Projeto APL Fitoterápicos em Alagoas e do Comitê Gestor do PPSUS/AL.

                                          

Willams Alves da Silva, Universidade Federal do Ceará

[Lattes] - Doutorando no Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos (PPgDITM- UFC). Mestre em Morfotecnologia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Especialista em Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica pelo Centro Universitário Augusto Motta. Especialista em Farmácia Hospitalar pela Faculdade Ensine. Graduação em Farmácia pelo Centro Universitário CESMAC. Tem experiência na área de Farmácia, atuando nas seguintes áreas: Farmacologia, Toxicologia, Fitoterapia e Saúde Pública.

Referências

AL-SNAFI, A.E. Pharmacological and therapeutic activities of Hedera helix-A review. Iosr J. Pharm, v. 8, n. 5, p. 41-53, 2018.

AKHLAGHI, M. et al. Synthesis and characterization of smart stimuli-responsive herbal drug-encapsulated nanoniosome particles for efficient treatment of breast cancer. Nanotechnology Reviews, v. 11, n. 1, p. 1364-1385, 2022.

BARNES, L.A.J. et al. The effects of Hedera helix on viral respiratory infections in humans: A rapid review. Advances in integrative medicine, v. 7, n. 4, p. 222-226, 2020.

BORTOLUZZI, M.M; SCHMITT, V; MAZUR, C.E. Efeito fitoterápico de plantas medicinais sobre a ansiedade: uma breve revisão. Research, Society and Development, v. 9, n. 2, p. 47, 2020.

CHENG, L. et al. The anticancer effect and mechanism of α-hederin on breast cancer cells. International journal of oncology, v. 45, n. 2, p. 757-763, 2014.

DEHGHAN, Morteza et al. Comparison of the effect of topical Hedera helix L. extract gel to diclofenac gel in the treatment of knee osteoarthritis. Journal of Herbal Medicine, v. 22, p. 100350, 2020.

HONG, E.H. et al. Coadministration of Hedera helix L. extract enabled mice to overcome insufficient protection against influenza A/PR/8 virus infection under suboptimal treatment with oseltamivir. PloS one, v. 10, n. 6, p. e0131089, 2015.

JAMSHIDI-KIA, F; LORIGOOINI, Z; AMINI-KHOEI, H. Medicinal plants: Past history and future perspective. Journal of herbmed pharmacology, v. 7, n. 1, p. 1-7, 2017.

KHAN, S. et al. Evaluation of Acute and Chronic Antidiabetic Activity of Ivy (Hedera helix L.) Aqueous Leaf Extract in Rat Model. Pakistan Journal of Biological Sciences: PJBS, v. 23, n. 11, p. 1357-1368, 2020.

LIU, B.X.Z. et al. Hederagenin from the leaves of ivy (Hedera helix L.) induces apoptosis in human LoVo colon cells through the mitochondrial pathway. BMC complementary and alternative medicine, v. 14, n. 1, p. 1-10, 2014.

MAVER, T. et al. A review of herbal medicines in wound healing. International journal of dermatology, v. 54, n. 7, p. 740-751, 2015.

MULKIJANYAN, K. et al. Ivy water extracts as gastric ulcer preventive agents. Georgian medical news, v. 224, n. 11, p. 63-66, 2013.

NI, Z.J. et al. Recent updates on the chemistry, bioactivities, mode of action, and industrial applications of plant essential oils. Trends in Food Science & Technology, v. 110, p. 78-89, 2021.

OLSZANECKA-GLINIANOWICZ, M. et al. The herbal medicine containing of ivy leaf dry extract in the treatment of productive cough in children. Wiad Lek, v. 73, n. 4, p. 668-673, 2020.

POP, C.E. et al. Investigation of antioxidant and antimicrobial potential of some extracts from Hedera helix L. gut, v. 4, n. 6, p. 11, 2017.

SAVOVIĆ, S. et al. The influence of standardized dry ivy leaf extract on the proportion of nasal secretion after post-septoplasty nasal packing removal. Brazilian Journal of Otorhinolaryngology, v. 85, p. 685-689, 2019.

SCHAEFER, A. et al. A randomized, controlled, double-blind, multi-center trial to evaluate the efficacy and safety of a liquid containing ivy leaves dry extract (EA 575®) vs. placebo in the treatment of adults with acute cough. Die Pharmazie-An International Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 71, n. 9, p. 504-509, 2016.

SHOKRY, A.A. et al. Anti-arthritic activity of the flavonoids fraction of ivy leaves (Hedera helix L.) standardized extract in adjuvant induced arthritis model in rats in relation to its metabolite profile using LC/MS. Biomedicine & Pharmacotherapy, v. 145, p. 112456, 2022.

SONG, K.J. et al. Expectorant and Antitussive Effect ofHedera helixandRhizoma coptidisExtracts Mixture. Yonsei Medical Journal, [S.L.], v. 56, n. 3, p. 819, 2015.

VERCRUYSSE, W. et al. Common Ivy (Hedera Helix L.) as a Novel Green Resource in an Urban Biorefinery Concept. ACS Sustainable Chemistry & Engineering, v. 11, n. 39, p. 14267-14286, 2023.

WU, A.G. et al. Hederagenin and α-hederin promote degradation of proteins in neurodegenerative diseases and improve motor deficits in MPTP-mice. Pharmacological Research, v. 115, p. 25-44, 2017.

Downloads

Publicado

2023-12-05

Como Citar

MENEZES, G. M.; MAGALHÃES, L. G. A.; ANDRADE, G. S. S.; JULIÃO, I. S.; BRITO, A. J. L. de; BANDEIRA, M. A. M.; VASCONCELOS, R. B.; SOARES, I. L.; MEIRELES, M. E. C.; SILVA, W. A. da. Hedera helix L.: uma revisão dos recentes estudos de suas propriedades farmacológicas. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 6, n. 13, p. 2296–2316, 2023. DOI: 10.55892/jrg.v6i13.849. Disponível em: http://www.revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/849. Acesso em: 25 jul. 2024.

ARK